Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest
+39 02 87 21 43 19

Fluid Edge Themes

Blog

1º Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake Leroy Merlin anuncia selecionados para primeira exposição de 2019

Universitários de 16 estados desenvolveram projetos com o tema COMPARTILHAR

O 1º Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake Leroy Merlin, sob o tema COMPARTILHAR, concluiu a etapa inicial com 127 projetos inscritos. Voltado a estudantes universitários de qualquer área, o evento reuniu propostas relacionadas a produto, mobiliário, moda, interiores, paisagismo, web, gráfico e serviço.

O prêmio mobilizou estudantes de graduação de universidades de 16 estados brasileiros, além do Distrito Federal, participaram desta primeira fase.

“Essa participação eclética tem tudo a ver com a proposta do prêmio que pretende promover o engajamento entre o design e outras áreas. Por isso nós apoiamos esse formato de tema-desafio, que neste ano é COMPARTILHAR e já se mostrou inovador. Reuniu estudantes de várias áreas e resultou em projetos distintos e interessantes”, salientou Weber Niza, diretor de RH e líder do Comitê de Sustentabilidade da Leroy Merlin.

Os selecionados

 O júri – composto por Alexandre Salles, Cláudio Bueno, Jackson Araújo, Hugo França, Tereza Bettinardi, Priscyla Gomes e Zoy Anastassakis – escolheu os melhores projetos com base no edital que prevê projetos que instiguem soluções inovadoras que possam responder a questões contemporâneas que discutam nosso cenário social, político, urbano, habitacional, além de novas demandas tecnológicas, novos equipamentos, publicações e mídias digitais.

Os projetos selecionados ao 1º Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake Leroy Merlin são: TRIALL – produto, Alexandre de Oliveira Lot (FACAMP-SP); Catatau – produto e serviço, Andres de Paula Dare (UniNove-SP); O Sergipe encantado: projeto de um livro sobre práticas mágico-religiosas em Sergipe – gráfico,  Breno da Costa Loeser (UFS-SE); Ponto Plana – mobiliário, Bruna Riberto Machado Tonso (PUC-SP); Nós por nós – web, Chrisley Luiz Santana dos Santos (UFS-SE);   Sala de aula pública Microtopiaurbanismo de base e educação, Daniel Caseiro (USP-SP); Hurbazine – aplicativo, Fernando Souza Ferreira (UFRGS- RS); Projeto de embalagem biodegradável com estudantes da E.E.E.F. Eva Carminatti – produto, Giancarlo Noll de Oliveira (UFRGS-RS); Tesse, capa protética produto, Heloisa Seratiuk Flores (UFPR-PR); Composteira Residencial – produto, Julia Reis (PUC-RJ); Sororasaplicação para mulher empreendedora/autônoma – serviço, Letícia Cavalcante Martins (UFC-CE); Senior LudensPlataforma de compartilhamento e Linha de dominós produto, Livia Lanzellotti Nishibe (UNESP-SP); FLUTUA – instalação artística e arquitetônica, Luiza Dalvi Quintaes de Morais (UFU-MG); maucx: dispositivo de mediação entre museu e cidadegráfico + web, Maria Lorrine Silva Sampaio (UFC-CE); Ocean – produto, Mariana Nobre de Oliveira (UFRN-RN); Plataforma Digital de Incentivo ao Fazer Manual – Clube das Miçangas – web, Mariana Soares da Costa (UFRGS-RS); MOBS. – Módulos para Compartilhar – mobiliário, Paul Newman dos Santos (USP-SP); Na-Kama – produto, Paulo Borges de Oliveira Netto (USP-SP); Amana – produto, Rafael Alves Monteiro (UFC-CE); Direito de Ser Humano – gráfico, Tamara do Couto Viegas (UFRGS-RS).

A premiação

Além de receber R$ 5 mil para execução do protótipo, os 20 projetos selecionados ganharão espaço para exibir seus projetos numa exposição exclusiva no Instituto Tomie Ohtake, em 2019, e integrarão um catálogo impresso. Em janeiro, na data da abertura da mostra, serão anunciados os três vencedores contemplados com bolsas de estudo em cursos de design no exterior e troféus.

Deixe seu Comentário